Como Reduzir Conta de Luz em Alvarenga – MG

Saiba Como Reduzir Conta de Luz em Alvarenga – MG e faça como muitas pessoas que estão aprendendo a economizar energia elétrica com métodos comprovados e atitudes simples que ajudam no orçamento familiar reduzindo e muito as contas de energia elétrica.

Quando falamos em administrar o orçamento familiar doméstico é importante mantermos as finanças sob controle. A organização é um dos fatores principais para se economizar energia em casa sem causar grandes sacrifícios para sua família.

Já pensou no quanto você pode economizar todos os meses se a sua conta de luz em Alvarenga – MG vir mais barata? Então, aprenda com nossas dicas de como economizar no consumo de energia de forma simples e barata valorizando o seu dinheiro!

Porque a Energia é Tão Cara em Alvarenga – MG

Sempre que o boleto de energia chega em casa, tomamos aquele susto com o valor absurdo que nos é cobrado, mas você sabe o que é cobrado na conta de luz?

Na conta de energia existem diversas cobranças que pagamos, mas nem sempre ficamos atentos a tais cobranças. Entre elas listamos abaixo algumas das principais cobranças que pagamos.

Nas contas de energia elétrica, os tributos são separados entre:

Tributos federais: Programa de Integração Social (PIS) / Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (COFINS);

Tributos estaduais: Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS);

Tributos Municipais: CIP ou COSIP (Contribuição para Custeio do Serviço de Iluminação Pública);

Encargos setoriais: a soma dos encargos é de cerca de 9% CCC (Conta de Consumo de Combustíveis); ECE (Encargo de Capacidade de Emergência); RGR (Reserva Global de Reversão); TFSEE (Taxa de Fiscalização de Serviços de Energia Elétrica); CDE (Conta de Desenvolvimento energético); ESS (Encargos de Serviços do Sistema); P&D (Pesquisa e Desenvolvimento e Eficiência Energética); ONS (Operador Nacional do Sistema); CFURH (Compensação financeira pelo uso de recursos hídrico).

Reduzir Conta de Luz em Alvarenga

Todos esses tributos e encargos estão embutidos no valor da energia elétrica

  1. PIS – Programas de Integração Social (federal)
  2. Cofins – Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (federal)
  3. Custeio do Serviço de Iluminação Pública – CIP (municipal)
  4. ICMS – Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (estadual)

PIS
O Programa de Integração Social é uma das formas de complementação de renda do governo e, tem como foco a contribuição nacional de caráter social, para pagamento do seguro-desemprego, abono e participação na receita dos órgãos e entidades, tanto para trabalhadores de empresas públicas quanto para empresas privadas.

COFINS
Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social, também é uma contribuição de caráter social, tributada sobre o valor total de algum serviço ou bem. No caso da energia elétrica, cobra-se o tributo sobre o valor da compra de energia elétrica pela concessionária.

Para as contas de energia elétrica, a COFINS não é cobrada mensalmente das concessionárias, no entanto, ela é repassada proporcionalmente para todos os consumidores, mensalmente, por decorrência de vários outros custos que a concessionária tem para disponibilizar a energia ao consumidor.

ICMS
O Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços é um tributo de caráter estadual, constituído em 1988, onde cada estado possui uma alíquota distinta. Para a conta de energia elétrica, o ICMS representa a maior parcela de taxas para o consumidor, que varia de 18% a 30%.

CIP/COSIP
A Contribuição para o Custeio do Serviço de Iluminação Pública é um encargo municipal incluso na fatura de energia elétrica, que visa angariar fundos para a iluminação de vias, logradouros e demais bens públicos, além de instalação, manutenção, melhoramento e a expansão da rede de iluminação pública municipal.

Estão afetados por ela todos os consumidores, tanto do grupo A quanto do B, que possuam conexão regular com a rede da concessionária de energia elétrica. Estão isentos apenas os consumidores caracterizados pela “tarifa social de baixa renda” ou residentes em vias que não possuem iluminação pública.

Ainda, vale ressaltar que, cada município estabelece um meio de cobrança do custeio, podendo ser através de valores fixos, escalas de consumo ou R$/kWh. A COSIP é integralmente repassada aos cofres municipais, que devem prestar contas dos referidos valores e investimentos.

Bandeira de Energia Elétrica em Alvarenga – MG

Vigente para os grupos A e B, as bandeiras tarifárias em Alvarenga são estabelecidas pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) mês a mês, juntamente com as decisões sobre a inserção de outras fontes geradoras na matriz energética brasileira.

Bandeira Verde – Condições favoráveis de geração, por isso, não há inserção de fontes geradoras adicionais à matriz energética. E, não há aumento da tarifa de energia elétrica.

Bandeira Amarela – Condições menos favoráveis de geração, por isso, há inserção de fontes geradoras adicionais à matriz energética. E, há aumento da tarifa de energia elétrica, no valor de R$ 0,015 por kWh consumido.

Bandeira Vermelha (Patamar 1) – Condições adversas de geração, por isso, há inserção de fontes geradoras adicionais à matriz energética, de forma intensa. E, há aumento da tarifa de energia elétrica, no valor de R$ 0,030 por kWh consumido.

Bandeira Vermelha (Patamar 2) – Condições muito adversas de geração, por isso, há inserção de fontes geradoras adicionais à matriz energética, de forma muito intensa. E, há aumento da tarifa de energia elétrica, no valor de R$ 0,045 por kWh consumido.

Reduzir Conta de Luz em Alvarenga – MG – 12 Métodos para Economizar

1 Aproveite a iluminação natural

O ideal é que você não precise acender as luzes durante o dia, então, vale usar cortinas translúcidas, por exemplo, que ajudam a manter certa privacidade sem ter que ligar as lâmpadas. O uso de vidros e de espelhos para refletir a luminosidade também é uma boa estratégia de como economizar energia.

2 Passe menos tempo no banho

Não dá para fugir dessa dica. Faça um esforço e tome banhos de, no máximo, 10 minutos. E se, por acaso, o chuveiro queimar, não faça remendos. Além de perigoso, essas gambiarras consomem mais energia. A melhor solução é comprar uma resistência nova.

3 Tire os aparelhos da tomada

Já pensou quantos aparelhos eletrônicos ficam ligados na sua casa? Aparelhos que não estão em uso devem ficar fora da tomada. Sim, não basta desligar no “botão power” e deixar no stand by. É preciso desligar da tomada.

Só a utilização diária do modo stand by dos aparelhos elétricos pode representar 12% do valor total da conta de luz.

Ficou surpreso com esse vilão silencioso?

Não há motivo para manter essa despesa, não é mesmo?

4 Mantenha a porta da geladeira fechada

Pode até parecer implicância de mãe, mas deixar a porta da geladeira aberta irá exigir que o motor trabalhe mais para resfriá-la novamente, o que impacta diretamente na conta de energia, e ainda pode causar desgastes na placa e no compressor.

5 Ajuste a temperatura adequadamente

Uma última dica valiosa para Reduzir Conta de Luz em Alvarenga diz respeito à temperatura ideal para ajustar ar condicionado durante o período de utilização. Pesquisas mostram que a maioria das pessoas sente-se confortável entre 20ºC e 25ºC, sendo 23ºC uma boa média para se adotar. Mais do que isto, é importante lembrar que ajustar o equipamento para 23ºC não significa que o ar sairá do ar condicionado com esta temperatura, mas sim que ele fará os devidos ajustes para tentar manter o ambiente nesta temperatura.

6 Pinte as paredes com cores claras

As cores claras refletem a luz solar, aumentando a claridade de ambientes. Dessa forma, diminuem a necessidade do uso da luz artificial.

Na hora de escolher a cor que você vai pintar o seu apartamento ou sala comercial, leve em conta a economia que as cores claras podem trazer para o seu bolso.

7 Troque suas lâmpadas para lâmpadas de LED

O custo é um pouco maior na aquisição, mas a economia de consumo compensa. Chega a economizar 30% na energia elétrica em sua residência.

8 Teste o relógio de energia

Desligue toda energia da sua casa e verifique como se comporta o relógio, se mesmo com tudo desligado ele ainda está girando, pode ser que há algum problema nele. Entre em contato com a concessionaria e peça uma verificação. E se mesmo depois de tudo certinho ainda tiver um gasto muito alto, vale chamar um eletricista para verificar se as instalações elétricas estão ok.

9 Reduza o uso do ferro de passar roupas

O ferro elétrico pode até não estar entre os maiores vilões do consumo de energia na sua casa. Mesmo assim, por que não tentar reduzir o uso desse aparelho para economizar na conta de energia elétrica e ainda perder menos tempo passando suas roupas?

10 Envolva toda a família na economia

Não se esqueça de que o trabalho para poupar eletricidade em casa — o qual, vale lembrar, tem a ver com as finanças e também com a sustentabilidade do planeta — deve ser feito em equipe, envolvendo todo mundo que mora com você.

Isso vale para o tempo no chuveiro, para as luzes acesas e para os aparelhos em stand by. Todas estas dicas compartilhadas até aqui podem ser adotadas em conjunto, de modo que a casa inteira participe da economia.

11 Invista em um sistema de aquecimento solar

A energia solar é hoje uma tendência que veio para ficar, porque representa uma economia considerável na conta de luz e ainda é uma prática sustentável. A transformação da luz do sol em energia é feita de uma forma 100% limpa, ou seja, não há emissão de poluente e é livre de qualquer outro impacto ambiental.

12 Diminuir o ICMS da Conta de Luz

Você sabia que quanto menor o kwh gasto, menor é o ICMS aplicado sobre sua conta? Aqui na nossa região, gastos residenciais até 150kwh tem um imposto de 12% e acima de 150kwh o imposto sobre para 25%!

Segunda Via Conta de Luz Alvarenga

A forma mais prática de se retirar a conta de luz para pagar nos dias de hoje é entrando no site da operadora de energia de Alvarenga e inserir os dados pessoais da pessoa que consta registrada no relógio de energia, dessa forma você terá todas as informações de boletos vencidos para realizar o pagamento que pode ser feito online pelo site dos bancos ou aplicativos, casas lotéricas ou agencias bancarias.

Veja os documentos necessários para imprimir a 2 via da fatura de energia em Alvarenga – MG

  • CPF
  • NUMERO DO CONTRATO
  • NOME DO TITULAR DA CONTA

Como Reclamar da Energia Elétrica em Alvarenga?

Se você está com dificuldades para solucionar algum problema relacionado ao fornecimento de energia saiba que você pode contar com a ANEEL, ela irá lhe auxiliar garantindo seu direito notificando a empresa.

1) Fale com sua distribuidora. Ela possui todos os dados de seu contrato e a estrutura operacional adequada para atender a sua demanda. Encontre aqui os contatos:

2) Se o problema não for solucionado, acione a ouvidoria da distribuidora;

3) Se ainda assim o problema persistir, registre sua RECLAMAÇÃO na ANEEL.

4) Outra opção é ligar na ANEEL atrás do número 0800 7272010.

Qual o seu problema com o fornecimento de energia elétrica em Alvarenga – MG?

Comente abaixo qual a sua dificuldade quando o assunto é energia elétrica alta em Alvarenga queremos lhe ajudar.

Deixe um comentário